As verdades sobre a Prevenção do Cancro – Parte 4

Clique aqui para ver as partes 1, 2 e 3.

20 mil pessoas morrem de cancro todos os dias. Estamos a falar de 8 milhões de mortes por ano de uma doença que pode ser evitada com o nosso estilo de vida.

Em 1900 uma em cada 20 pessoas tinha cancro. Este número tem vindo a aumentar exponencialmente, em 1970 era uma em cada 10 pessoas e, hoje em dia, os indicadores dizem-nos que uma em cada três pessoas terá cancro ao longo da sua vida.

Este é um documentário valioso e muito bem documentado que retrata a evolução das teorias existentes sobre o cancro, o perigo dos tratamentos convencionais (quimioterapia, radioterapia e cirurgia), as pessoas que estiveram envolvidas no seu estudo e investigação, os lobbies e lucros astronómicos da indústria farmacêutica na produção de medicamentos (verdadeiras drogas) para a sua “presumível cura”, os métodos naturais que têm sido ignorados ao longo dos tempos, a resistência da comunidade médica e das organizações de saúde públicas em reconhecer a validade destas terapias, etc.

Os médicos, na sua grande maioria, têm pouca ou nehuma formação em nutrição, induzindo em erro muitos pacientes. Acredito que, no fundo, os médicos querem ajudar todas as pessoas a melhorar mas a forma como todo o sistema está montado faz com que os médicos percebam mais de drogas do que comida. A informação que chega aos mesmos provém dos laboratórios, da poderosa indústria farmaceûtica que precisa de vender os seus medicamentos para fazer dinheiro. Esta lógica inversa faz com que seja normal ter pessoas com colesterol alto a tomar estatinas e a comer pão e outro tipo de hidratos de carbono refinados todos os dias, pessoas com diabetes tipo II (nota: as estatinas aumentam o risco de diabetes) que são obrigadas a tomar o seu comprimido todos os dias porque os médicos dizem que não é reversível, pessoas com hipertensão que tomam a sua pastilhinha milagrosa e que não sabem que uma dieta rica em gorduras e proteínas podem ser a verdadeira cura, etc.

Continua a imperar a mentalidade que a pastilha é que vai resolver o problema e na realidade não se perde tempo a descobrir a causa. Costuma ser assim: tem dores de cabeça ou enxaqueca? Tome um brufen e isso passa. Mas isto não chega, falta saber o PORQUÊ! Pode ser simplesmente um síntoma associado a um elevado nível de inflamação sistémica causado por excesso de gluten ou de produtos lácteos na dieta. Pode ser uma deficiência de vitamina D, demasiado peixe com mercúrio, demasiado açúcar na dieta, pode ser um efeito secundário dos antibióticos que anda a tomar…Enfim, podem ser muitas coisas!

Neste documentário poderá ver também (1h04m) os beneficios de suplementos (alguns conhecidos desde 1950) na prevenção do cancro tais como a vitamina B17 encontrada nas sementes de damascos, a cartilagem de tubarão, vitamina C e uma planta chamada viscum álbum (em inglês mistletoe) – com um exemplo público da actriz norte-americana Suzanne Sommers.

Faça um favor a si mesmo ou a um familiar que tenha passado ou esteja a passar por uma situação destas e fique a conhecer as outras alternativas à prevenção e tratamento desta doença.

O conhecimento é poder. Partilhe este documentário com os seus amigos e possíveis interessados.

Até breve!

Pedro Correia

One thought on “As verdades sobre a Prevenção do Cancro – Parte 4

  1. Pingback: Tudo sobre o Glúten! Intolerância, Alergia, Será que todos deveremos evitar?, lado negro da industria alimentar … | Soluções Corpo e Mente

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s