Muito Além do Peso – Documentário

peso1

Hoje partilho convosco um documentário brasileiro chamado “Muito Além do Peso”, que tive conhecimento através do blog Fat New World (recomendo vivamente a todos aqueles que querem saber mais sobre nutrição com o devido rigor científico) e que aborda um dos problemas mais recorrentes na nossa sociedade, a obesidade infantil.

O documentário tem a duração de 1h23m e foca-se essencialmente nos hábitos de vida pouco saudáveis de muitas crianças brasileiras (consumo descontrolado de refrigerantes, açúcar, bolachas, batatas fritas e de todo o tipo de alimentos processados, inclusivamente o leite em pó) e a sua relação com o aparecimento cada vez mais precoce de doenças como a obesidade, hipertensão, diabetes tipo II, cancro, etc.

Apesar de longo, vale a pena ver e partilhar com todos aqueles que têm a responsabilidade (directa ou indirecta) de educar as crianças e melhorar os seus padrões gerais de alimentação e de estilo de vida. Estou a falar dos pais, professores, treinadores, profissionais de saúde e da comunidade em geral.

É bem possível que fiquem chocados.

Gostaria de saber os vossos comentários.

Até breve!

8 thoughts on “Muito Além do Peso – Documentário

  1. Muito bom o documentário! Infelizmente uma grande realidade…

    Pedro, gostava de saber a tua opinião relativamente a outro assunto. O que é que devemos ingerir na ceia, se é que a devemos ingerir?

  2. Caro Pedro Correia,

    Tenho 39 anos e fico perplexo com o que vejo hoje em dia.

    Este vídeo demonstra a realidade atual, é uma tristeza…. as pessoas cada vez menos se “mexem”, sedentarismo puro, os miúdos agora é só net, playstation, smartphones, comer “porcaria” atrás de “porcaria”, etc….

    Que é feito das grandes correrias que dávamos em miúdos, das caçadinhas, escondidinhas, jogar à bola, correr, brincar no meio da natureza, andar de bicicleta, andar a fazer traquinices, etc etc etc

    Que é feito do belo prato de sopa, na taça do leite com o pão, da fruta, legumes, peixe, arroz, batata, carne, etc todos esses alimentos que comíamos em pequenos.

    Eu lembro-me em pequeno de raramente ver algum miúdo gordo, porque andávamos sempre a correr e a saltar, quantos raspanetes me deu a minha mãe por chegar a casa todo suado, cheio de “esmurradelas” e pisaduras de tanta correria?????????? E agora??????? o que os miúdos fazem hoje????????????????? e por culpa dos pais que também pouco ou nada se mexem…. educando os filhos da mesma maneira.

    Enfim…. por este andar as pessoas magras e saudáveis serão uma espécie em “extinção”….

    Grande abraço.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s